A discussão financeira no Reino Unido permanece intensa. Segundo especialistas europeus em finanças, o mar financeiro de Londres após o Brexit ‘não está para peixe’. Após diversas declarações de líderes de países membros da UE, como Alemanha e França, no sentido de que poderá haverá perdas financeiras após o referendo, a apreensão de muitos se mantém intensa. Desde então, o Reino Unido está juntando forças para não ter maiores problemas caso a falta de apoio europeia se instale.

 

Porque o Brexit esquentou a discussão financeira em Londres?

O que se conhece como ‘atividade de compensação’ – um meio de proteção financeira contra calotes – tem ganhado força desde 2008, quando a crise financeira começou a dar sinais de vida.

A decisão envolvida no Brexit elevou o risco de que os países queiram repatriar essa compensação com a moeda da União Europeia – o euro. Isso traz o receio de que diversos cargos de emprego nas câmaras de compensação e nos bancos que as integram possam ser perdidos. Por quê?

 

Os motivos do receio financeiro no Reino Unido

Segundo Michael Sholem, do escritório de advocacia Davis Polk & Wardwell, a ‘atividade de compensação’ e o acesso aos bancos da UE sustentam a enorme cifra de 2 milhões de empregos do setor financeiro do Reino Unido.

Portanto, poderia haver uma deterioração financeira nos próximos 15 anos caso essa base de sustentação for derrubada. A ‘dúvida que mata’ é: novos mercados conseguiriam recompor essa perda?

 

discussão financeira

Como o centro financeiro mais promissor do Reino Unido, Londres, vai reagir à discussão financeira?

 

Indo mais além, tanto bancos como algumas corretoras poderiam transferir funcionários e as operações para fora de Londres, o que poderia abalar um dos mais importantes centros da economia britânica.

Esse possível vácuo nos postos de trabalho de diversos britânicos, incluindo os moradores de Londres, para outras regiões, se torna o principal motivo de receio financeiro no momento. Mas o fato é que somente após a efetivação do Artigo 50 se saberá de fato o que acontecerá no Reino Unido em termos de emprego e finanças. De novo só o tempo mostrará os resultados da discussão financeira que esquenta os ânimos do povo britânico.

 

Minhas dicas foram úteis? Quer saber mais sobre Londres? Baixe gratuitamente o e-book “Como morar em Londres: 6 passos para o sucesso“.