Como passar na imigração em Londres

Oi pessoal, hoje eu vou falar sobre algumas dicas para você se sair bem na imigração em Londres. Todos nós sabemos que esse é um momento crítico na viagem, sendo ela a passeio, trabalho, para visitar um familiar ou amigo, estudos, ou qualquer outro motivo. Mas não se preocupe tanto, se você tem boas intenções, não há motivos para temer!

Dica número 1: Não é mais necessário o preenchimento do Landing-Card, aquele papelzinho que entregavam no avião antes de chegarmos ao Reino Unido.

QUER RECEBER MAIS CONTEÚDOS POR E-MAIL?

Então junte-se a mais de 150 mil apaixonados pela terra da rainha que assim
como você querem visitar Londres seja para turistar, morar ou trabalhar. 

Portanto, o processo da imigração ficou um pouco mais modernizado. Todos os dados são inseridos no sistema assim que você se apresenta no guichê dos oficiais, porém as filas continuam as mesmas: longas e demoradas.

Vale lembrar que você está sendo vigiado desde o momento em que desembarca do voo. Qualquer comportamento em que eles suspeitem pode ser levado em consideração na hora da sua entrevista. Por isso, não fique muito no celular enquanto espera nas filas, e nunca tire fotos ou filme o local.

Dica número 2: Seja você mesmo! Não queira falar bonito, inventar ideias, passeios, histórias, ou enrolar muito no bate-papo. Os oficiais da imigração querem ouvir de você exatamente aquilo que eles perguntaram. Venha preparado para responder três simples perguntas:

1. O que veio fazer no UK?

2. Quanto tempo ficará?

3. Onde se hospedará?

Caso eles precisem de mais alguma informação, com certeza eles vão lhe questionar.

Dica número 3: Mostre a carta-convite (caso você esteja visitando uma pessoa residente no UK), apresente a passagem de retorno ao Brasil, ou passagem de saída do UK. Se você estiver vindo estudar em Londres apresente a carta da escola onde estudará, ou a documentação do intercâmbio. Mantenha todos os documentos e informações que você considere necessária em uma pasta, pois assim ficará mais fácil o acesso caso eles te peçam algo.

Dica número 4: Mantenha a calma, e caso você não esteja tão confiante no inglês, não se preocupe, peça educadamente para eles repetirem a pergunta, pois você não entendeu.

As regras básicas para se sair bem na entrevista são claras, prove para eles que você não tem intenção de morar ilegalmente no pais, isto é, apresente evidências de que você tem uma vida no Brasil esperando você voltar, como por exemplo: está vindo de férias e não conhece ninguém aqui ou não fala muito bem a língua. Traga uma carta do seu trabalho, falando os dias das férias, ou seu holerite, fale sua profissão, mostre à eles que o seu interesse é somente turístico.

Mas, claro, isso somente se solicitado por eles, nunca chegue falando mais do que eles querem ouvir.

Se você passar por essa fase da entrevista, pegará seu visto de acordo com o motivo da sua viagem e estará liberado para retirar suas malas.

Mas não pense que acabou não. Ultimamente, a inspeção alfandegaria tem sido efetuada com mais frequência nos horários em que o voo procedente do Brasil está pousando, isto é, após pegar sua bagagem, você caminhará pela saída do desembarque e estará propício a uma inspeção de bagagem, onde o oficial primeiramente te perguntará se está trazendo algo ilícito como drogas ou artigos perigosos, ou algum tipo de alimento procedente de animais ou vegetais, cigarros, bebidas e etc.

Após isso ele poderá pedir para você abrir a mala para inspeção, tomando assim as providências cabíveis caso encontre algo, caso você não esteja portanto nada disso e mesmo assim for parado, não se assuste, obedeça as instruções que lhe for dada e logo será liberado.

Caso os oficias não te liberem logo após sua entrevista no guichê, você aguardará em um espaço reservado e será entrevistado isoladamente por outros oficiais, neste momento, mantenha calma, não se apavore, você ainda tem chance de entrar no país.

Caso eles tomem a decisão de ”inadmitir” a sua entrada por qualquer motivo, você será encaminhado de volta ao Brasil no mesmo dia ou no dia seguinte, e receberá as informações adequadas quanto a essa decisão.

Você pode também solicitar um advogado para rever o caso, se necessário.

Todo o processo de desembarque, imigração e alfândega leva em torno de 1 hora e meia à 2 horas, portanto venha descansado do seu voo e com muita paciência, principalmente em épocas de alta-temporada, como o verão.

Passado toda essa fase estressante do aeroporto, desembarque tranquilamente e curta muito esse país maravilhoso, cheio de aventuras e lugares mágicos.

Jéssica Domingues
Jéssica Domingues: Paulistana, formada em Tradução e intérprete, ama viajar e é apaixonada por aviação e Londres, onde mora apenas à 2 anos! Instagram: @jessicadmilleo

Olá,
Teria um e-mail para contato mais reservado?
Tenho algumas dúvidas e gostaria da sua opinião.
Aguardo seu retorno.
Obrigada pela atenção.
Att,
Catiane