Empresários brasileiros em Londres: Renato Paziam – Made in Brasil

Confira a série de perfis sobre Empresários Brasileiros em Londres. Neste bate-papo, Renato conversou sobre sua trajetória e seu restaurante brasileiro em em Londres. Referência da cozinha brasileira em Londres, o Made in Brasil é conhecido do grande público. Funcionando desde o ano 2000 em Camden Town, o restaurante é acompanhado pelo Made in Brasil Boteco, localizado a poucos metros, há dois anos. Cliente do eLondresTOP5 desde novembro de 2015, Renato Paziam, conta um pouco da vida na capital inglesa e do dia a dia de sua empresa.

– Conte um pouco mais da sua vida desde que chegou em Londres.

Cheguei em 2000, com uma mão na frente outra atrás, não tinha nada. Comecei a trabalhar no Made in Brasil, que tinha acabado de abrir. Trabalhei de barback, virei bartender, depois virei gerente do bar. Depois de seis anos aluguei o bar do dono. Há dois anos abrimos o Made in Brasil Boteco e estamos aí, firmes e fortes. A situação não está fácil. Nós vimos nos últimos dois anos a quantidade de bares brasileiros que fecharam. Se não me engano foram seis. Não é fácil estar na ativa tentando seguir trabalhando honestamente. Tem que trabalhar cada vez mais. A gente trabalha até demais as vezes, eu acho. Mas eu adoro trabalhar. Pra mim, trabalhar é o melhor remédio.

– Qual o objetivo do Made in Brasil?

O objetivo do Made in Brasil é servir comida, bebida e entretenimento. Não só para a comunidade brasileira mas à todos que habitam Londres.

– Qual o diferencial que você oferece?

Cultura, entretenimento, comida e bebida. O Made in Brasil e o Made in Brasil Boteco são lugares que você pode comer, beber e se divertir.

– O que inspira seu dia-a-dia?

Oxigênio. Já acordo, dou “um tiro” no oxigênio e já saio disposto para o trabalho. Trabalho todos os dias 12 horas por dia.

– Quais as metas e planos futuros?

Acabei de ter uma filha. Meu intuito agora é tentar ser pai. Não tenho intenção de estar expandindo nesse momento da minha vida, comercialmente falando. Quero dar atenção para a minha família.

– Qual a importância da união da comunidade para o bom desenvolvimento das empresas?

Há um tempo atrás tinha algumas reuniões interessantes. Quem fazia era até o Marcelo do Brazilian News (atual BN Notícias em Português). A gente até continua ajudando o projeto “Happy Child”, do Recife. Na época juntavam várias empresas, jornais (participando). O encontro era muito bom. O pessoal estava se juntando e discutindo melhoras (para a comunidade) e já não vejo mais esse tipo de união entre as empresas daqui que poderiam estar se ajudando.