No dia em que se comemora o Dia das Crianças no Brasil, no domingo de 12 de outubro, os filhos de imigrantes brasileiros de qualquer parte do mundo vão “ganhar vozes”, no I Fórum Internacional da Criança Migrante, com o tema “Vozes da Infância Brasileira em Londres”. A primeira sessão vai acontecer na sede do European Commission, situada na 32 Smith Square, SW1P 3EU. O evento pretende ser o marco da luta pelos direitos dos filhos de imigrantes brasileiros pelo mundo.

Sob a coordenação do Núcleo do Teatro do Oprimido de Braga, em Portugal, as crianças serão convidadas a participar do Teatro Fórum, uma modalidade do Teatro do Oprimido, criada pelo dramaturgo Augusto Boal. O Teatro envolverá as crianças com atores na busca de soluções para questões levantadas na peça. Além do Fórum, será apresentado o trabalho realizado pela Associação Projeto Criar (APC), entidade que atua juridicamente em defesa dos direitos da criança em Portugal. A advogada e vice-presidente da APC, Dra Leonor Valente Monteiro, apresentará uma palestra sobre os direitos das crianças.

De modo presencial ou a distância, podem participar do I Fórum Internacional da Criança Migrante as crianças nascidas no Brasil que residam em qualquer outro país do mundo ou filhas de brasileiros que com eles residam em qualquer outro país do mundo; crianças não brasileiras que convivam com criança brasileira inscrita neste Fórum; e adultos que desenvolvam ou pretendam desenvolver projeto de intervenção em defesa aos
direitos das crianças.

As crianças já podem iniciar a sua participação no Fórum através do envio de desenho, texto, fotografia, áudio ou vídeo sobre uma de suas experiências cotidianas. As crianças autoras dos melhores relatos serão premiadas com uma viagem para desfrutar de uma atração local no país de seu interesse. Este Fórum é mais um espaço dedicado a dar voz à criança por meio de suas diversas formas de expressão.

“É preciso desvincular o dia 12 de Outubro dos apelos mercadológicos e devolvê-lo à criança brasileira como uma data relacionada à aquisição de um direito: o direito de ter no calendário um dia dedicado exclusivamente à ela. Um dia conquistado no ano de 1924, por meio de um decreto presidencial. Ano em que a Sociedade das Nações adotou a Declaração de Genebra, relativa aos direitos das crianças, considerando-as como dignas de respeito, proteção e liberdade. A realização do I F órum internacional da Criança Migrante tem o propósito de atender a recomendações como esta, finaliza Denise Hosana Moreira, pesquisadora em Sociologia da Infância e professora da Universidade Estadual do Piauí.”

Mais informações sobre o I F órum Internacional da Criança Migrante: Vozes da Infância Brasileira em Londres podem ser obtidas no site www.infanciamigrantebr.net ou no www.facebook.com/infanciamigrantebr