Ontem foi a vez do representante do governo italiano, o primeiro-ministro Matteo Renzi, expressar à primeira-ministra britânica, Theresa May, o conceito de mais um país da Europa sobre o Brexit.

Durante as últimas semanas, a premier britânica tem se encontrado com diversos líderes de governo dos países que fazem parte da União Europeia. A intenção parece ser flexibilizar a maneira como o Reino Unido romperá em definitivo com o bloco.

 

A reunião entre Matteo Renzi e Theresa May

Na reunião com Theresa May, Matteo Renzi foi assertivo: ele pediu “clareza” e “certeza” com respeito aos procedimentos de saída do Reino Unido da UE. Na entrevista coletiva dada logo após o encontro em Roma, ele disse: “Respeitamos a decisão de deixar a Europa; e todos estão interessados num cronograma preciso que facilite o caminho e que dê certeza. Estamos prontos para trabalhar juntos de uma forma sem precedentes.”

A primeira-ministra britânica manteve o discurso das últimas semanas, dizendo que o Reino Unido vai tomar sua posição, mas de forma organizada; por isso precisa de tempo.

May disse: “Respeitaremos nossas obrigações. Queremos transformar o Brexit em um sucesso.”

É importante ressaltar que ontem também ocorreu uma reunião, em Londres, do órgão que está cuidando do processo envolvendo o Brexit. A ideia em foco é fazer com que de fato o Reino Unido cumpra o que o referendo do último dia 23 de Junho decidiu.

 

Matteo Renzi

Matteo Renzi e Theresa May: a Itália quer a efetivação do Brexit

 

Receio da falta de apoio

O que tem acontecido sempre é a demonstração do receio de que o Reino Unido seja tratado com certo ‘abandono’ após o Brexit. Theresa May tem sido uma árdua defensora de que é fundamental que países-membros, como a Itália, colaborem na mesma direção proposta pelo governo britânico.

Ela disse: “Abandonaremos a UE, mas continuaremos sendo parte da Europa”.

Matteo Renzi ainda foi questionado sobre a possibilidade de um novo referendo no Reino Unido, por causa da pouca margem final do plebiscito. Sua resposta foi simples e clara: “Brexit é Brexit. Não podemos abrir as discussões de novo.”

 

As informações foram úteis? Quer saber mais sobre Londres? Baixe gratuitamente o e-book “Como morar em Londres: 6 passos para o sucesso“.