A partir de agora, cidadãos britânicos cujos dependentes estiverem aplicando para o visto de residência permanente no Reino Unido, para o passaporte britânico ou para extensão de residência, não precisam mais enviar o passaporte original ao Home Office.

O mesmo vale para pessoas que já tenham o visto de residência definitiva que tenham dependentes fazendo as mesmas aplicações. A mudança foi anunciada pelo Home Office nesta semana.

São considerados dependentes, por exemplo, esposas, maridos, filhos e familiares.

“A mudança anunciada pelo Home Office facilita os planos de britânicos ou residentes permanentes que precisam ou desejam viajar ao exterior durante o processo de análise da aplicação dos seus dependentes. Antes, isso era mais difícil porque o Home Office podia reter o passaporte dessas pessoas por até seis meses.

No entanto, cópias de todas as páginas do passaporte do britânico e dos residentes definitivos que apoiam a aplicação de seus dependentes precisam ser encaminhadas para a análise.

Leia também: Passaporte Europeu. tenho direito?

Minhas dicas foram úteis? Quer saber mais sobre Londres? Baixe gratuitamente o e-book “Como morar em Londres: 6 passos para o sucesso“.