Números do instituto de pesquisa YouGov mostram que a maioria das jovens inglesas já foram assediadas sexualmente em locais públicos. A pesquisa, encomendada pela End Violence Against Women Coalition (Coalisão para o fim da violência contra a mulher, em tradução livre) mostra que 85% das mulheres entre 18 e 24 anos já foram perseguidas, com 45% tendo sofrido toques indesejados.

Quando somadas todas as idades, o número chega a 64 e 35%, respectivamente. De acordo com o órgão, apenas 11% das mulheres disse ter recebido ajuda de outras pessoas quando foram tocadas contra a vontade.

Sarah Green, diretora do ‘End Violence Against Women Coalition’, disse que as mulheres não estarão livres enquanto planejarem suas vidas em evitar assédios ou agressões. “O assédio sexual é uma experiência diária que as mulheres e as meninas aprendem a lidar, mas é hora de mudar a história e desafiá-lo”.

Buscando uma maior segurança, a maioria das mulheres que saíram a noite no ano passado preferiram voltar para casa com os amigos (61% contra 38% dos homens). Também percorrem um caminho diferente do que seria feito durante o dia (55 % em comparação a 41% dos homens) ou evitaram usar o transporte público e pagaram por um táxi (54%).