A Torre de Londres é um dos locais mais importantes e assustadores da cidade. Este artigo vai te fazer conhecer um pouco mais sobre as histórias, curiosidades, lendas e das diversas funções que a torre teve desde a sua fundação.

Em todos os lugares do mundo existem lendas assustadoras, logo, Londres tem também algumas histórias de arrepiar!

Uma das lendas mais interessantes é a que garante a presença de fantasmas na Torre de Londres!

Sendo atualmente umas das principais atrações para quem visita Londres, a torre é bem mais do que um amontoado de histórias de terror, mas também um lugar que conta um parte importante das histórias e curiosidades dessa cidade.

Foi construída em 1078 durante o reinado de Guilherme I, as margens do rio Tâmisa. Já teve diversas funções ao longo da história, como: Prisão, depósito de armas, residencia real, sede da casa da moeda e casa de joias da coroa britânica. Sendo essa a sua função atual.

Prisão

A Torre de Londres foi, entre os anos de 1100 até 1952 , uma assustadora cadeia que encarcerava e dizimava figuras muito importantes. É o mais famoso palco de execuções de membros ilustres da família real britânica, ao longo dos séculos. Apesar de essa não ter sido a sua principal função durante todo esse período.

O lugar é apontado como palco de diversas e cruéis execuções, torturas e encarceramentos de presos, nobres ou não, pagando, na maioria das vezes, por crimes relacionados a ofensas à monarquia.

Dentre os presos mais famosos podemos citar Ana Bolena, Lady Jane Grey, William Hastings e Thomas More.

Histórias de terror

Por conta desse período em que a Torre de Londres foi usada como prisão, diversas histórias assustadoras são relacionadas a ela até os dias de hoje, dando ao local um clima, dito por quem já visitou, pesado a sombrio.

Muitos visitantes afirmam que vêm ali “almas do outro mundo” – pessoas que foram ali executadas vagueiam agonizadas e não conseguem encontrar a paz para descansar.

O fantasma mais conhecido da London Tour é o Rei Henrique VI, apunhalado pelas costas por Eduardo IV,  em 1471, enquanto rezava na sua capela privada. Dizem, que às vezes ele aparece rezando, tal qual quando foi assassinado.

Torre de Londres
A lenda dos corvos

Porém, a maior curiosidade é que, de acordo com o gênero, os fantasmas mais insatisfeitos e inconformados são… mulheres!

A rainha dos nove dias

Lady Jane, “a raínha dos nove dias” (reinou sem sequer ser coroada por apenas nove dias e foi condenada e executada na torre por ser acusada de traição, juntamente com Guildford Dudley, um nobre com  o qual foi obrigada a casar) aparece muitas vezes, chorando, na torre de sal. Dizem quem a vê, que continua bela, nos seus quinze anos, altura em que foi decapitada.

Ana Bolena

Uma outra donzela que ciranda pelos corredores da Torre de Londres é Ana Bolena. A primeira rainha executada em público, no séc. XVI, passou ainda a humilhação de  ser colocada num caixão velho e muito pequeno. Talvez por isso ela vagueia pela torre, especificamente, no dia em que comemora a a data da sua trágica morte.

Margaret Pole

Segue a tendência e aparece todos os anos, no dia da sua morte, na torre verde. Depois de ter sido condenada a ficar sem cabeça na guilhotina, Margaret, já com 70 anos, fez resistência, fugiu e acabou sendo cruelmente morta, à machadada, pelo seu carrasco.

A lenda dos corvos

 

Torre de Londres
A lenda dos corvos

Há uma lenda bastante conhecida sore a torre. Segundo a lenda, no dia em que os corvos abandonarem a torre ela ruirá e com ela cairá também o reino.

Temendo que essa lenda fosse verdade o rei Charles II decretou que a torre contaria sempre com seis corvos em seu interior. Fato que permanece até hoje.

Os corvos tem até um mestre, conhecido como Ravenmaster, que é responsável por seus cuidados.

Esse ritual acontece até os dias de hoje, sendo que atualmente o local conta com oito corvos. Seis para manter a tradição e mais dois reservas para o caso de uma possível substituição.

Claro que quem conta um conto, acrescenta um ponto. Porém, pelo sim, pelo não, se for visitar a Torre de Londres e for picado por um corvo, fique contente. Ao contrário de outras eventuais surpresas, estes animais estão vivos e mantêm o império de pé!

Royal Beasts

 

Torre de Londres
Royal Beasts

 

Entre os anos de 1210 e 1832 a torre exibia animais exóticos como leões, ursos polares, macacos, cangurus, elefantes, ilhamas e muitos outros.  Já chegou a abrigar mais de 600 animais, sendo grande parte deles presentes de outros lideres mundiais.

Os animais foram transferidos em  28 de agosto de 1832 devido a diversas fugas, brigas e até ataques, para o zoológico de Londres.

Hoje a torre conta, desde o ano de 2010,  com diversas esculturas espalhadas por suas dependências para lembrar os animais que lá estiveram durante mais de 600 anos.

Atualmente

Nos dias de hoje a sua principal função é ser casa das joias da coroa. Algumas dessas joias históricas estão expostas e disponíveis para a visitação, porém a proibido aos visitantes tirar fotos no local.

Passeio guiado pela Torre de Londres

Quem tiver a oportunidade de fazer um passeio por suas dependências poderá ver, em seus longos quatro andares,  diversas armaduras de personagens históricos como Charles I, Henrique VIII, Príncipe Henry Stuart e Rei James II.

Além de joias simbolo da monarquia britânica com imensa precisão de detalhes. Parte delas ainda são usadas pela Rainha Elizabeth II em importantes cerimônias. Os objetos que ainda são usados contam, ao lado, com o escrito “In use”.

Localização

London EC3N 4AB, United Kingdom, o visitante irá utilizar a estação de metrô Tower Hill (Circle e District Line)

Ingressos

Podem ser reservados online clicando aqui.

Adultos – 24 Libras

Criança 5-15 anos 11 Libras

Menor de cinco anos – Gratuito

Sem dúvidas é um passeio que vale cada centavo. Cheio de histórias e curiosidades e contando com o auxílio de um guia, a torre oferece uma gama enorme de informações, imagens e objetos de enorme valor histórico.

Lembrando que o passeio guiado é  mais indicado para quem já conta com uma certa noção da língua inglesa, aproveitando ainda mais tudo o que será falado e mostrado ao longo de todo o trajeto.

 

E então? Você acredita nas lendas? Deixe seu comentário abaixo!

Minhas dicas foram úteis? Quer saber mais sobre Londres? Baixe gratuitamente o e-book “Como morar em Londres: 6 passos para o sucesso“.