Todos os dias, recebo muitas mensagens de pessoas perguntando como conseguir o visto para morar aqui na Inglaterra. Por isso, resolvi apresentar uma solução que pode ser muito útil para vários brasileiros: tirar a cidadania italiana para morar em Londres.

O Brasil possui uma enorme colônia de descendentes de italianos, já que muitas regiões do país receberam imigrantes da Itália para trabalhar nas fazendas. Portanto, milhares de brasileiros podem tirar o passaporte italiano e conseguir circular livremente pela Europa.

Continue lendo para saber mais sobre o assunto!

<<BREXIT>> Fique ligado, pois as regras estão mudando em função do Brexit. Acompanhe os nossos posts e mais informações sobre o assunto clicando aqui.

Vale a pena tirar a cidadania italiana para morar em Londres?

Posso responder com segurança que sim, vale a pena tirar a cidadania italiana para morar em Londres. Explico o porquê.

Você pode vir morar aqui em Londres de maneira legal ou ilegal. Obviamente eu não recomendo que venha para cá de forma ilegal, já que você não conseguirá se virar por aqui — existem medidas para desestimular o emprego de imigrantes não legalizados e até mesmo o aluguel de imóveis para estrangeiros nessas condições. O melhor é se legalizar.

De forma legalizada, você pode conseguir um visto de trabalho ou de estudo com direito a trabalhar (disponível para quem está fazendo graduação ou outro curso de nível superior na Inglaterra). Mas você pode morar em Londres de maneira legalizada se tiver uma cidadania europeia!

E é aí que entra a cidadania italiana para morar em Londres. É uma alternativa bem interessante para quem tem parentes que vieram da Itália. Vamos descobrir se é o seu caso?

Quem tem direito à cidadania italiana?

O processo de obtenção da cidadania italiana é pautado por um princípio chamado jus sanguini, que significa “direito de sangue”. Ou seja: se você tem ascendência italiana, tem direito à cidadania e ao passaporte italiano, sem limite de geração.

Existem três maneiras de se conseguir a cidadania italiana:

  • Via paterna
  • Via materna
  • Por casamento

Em relação à via paterna, o procedimento é muito simples: se você tem um pai, avô ou bisavô italianos, você tem o direito à cidadania. Simples, não é?

Mas, em relação à via materna, as coisas complicam um pouco. Antes de 1948, a Itália vivia um momento conturbado. Se você conhece um pouco de história, sabe que a Itália era dominada pelo fascismo e estava envolvida na Segunda Guerra Mundial.

Nessa época, uma mulher não podia nem mesmo se casar com um cidadão estrangeiro — se o fizesse, perdia a própria nacionalidade italiana. Assim, só os homens tinham autorização para “passar a cidadania italiana”. Somente depois da Constituição de 1948 é que as mulheres se equipararam aos homens na lei e puderam transmitir a cidadania italiana para seus filhos.

Portanto, uma mulher só pode transmitir a cidadania italiana se seus descendentes nasceram depois de 1948. Vamos ver alguns exemplos:

  • Bisavô italiano, avô brasileiro, pai brasileiro: você tem direito à nacionalidade por via paterna.
  • Bisavô italiano, avó brasileira, pai brasileiro: você só tem o direito se seu pai nasceu depois de 1948.
  • Tataravô italiano, bisavó italiana, avô brasileiro, pai brasileiro: se seu avô nasceu antes de 1948, não tem o direito por via materna.

É importante lembrar que muitos descendentes de italianos que nasceram antes de 1948 estão conseguindo a cidadania por via materna por meio de uma batalha judicial. É um procedimento caro e longo, mas que tem funcionado para muita gente. Então, não desista!

Por fim, há a possibilidade de se obter a cidadania italiana por casamento. Funciona da seguinte forma: quem casar com um italiano ou uma italiana tem direito à cidadania e pode pedi-la pelo Brasil ou pela Itália. Os requisitos são diferentes:

  • No Brasil, será necessário no mínimo 3 anos de casamento ou 1 ano e 6 meses se o casal tiver filhos.
  • Na Itália, são necessários 2 anos de casamento (no mínimo), ou um ano, no caso de filhos.

As mulheres que se casaram com italianos antes de 27 de abril de 1983 têm direito automático à cidadania — exceto se o marido faleceu antes dessa data, se o divórcio foi feito na Itália antes dessa data ou se o marido se naturalizou brasileiro antes de 19 de maio de 1975.

Ufa, quanta burocracia!

O que fazer para conseguir tirar a cidadania italiana?

Agora que já sabemos quem tem o direito à cidadania italiana para morar em Londres, vamos ver como obter o documento.

Existem duas formas de se fazer isso: pelo Brasil ou pela Itália. Pelo Brasil, o processo é mais demorado e burocrático, mas você já está aí então talvez seja melhor fazer por meio dos consulados. Pela Itália, é necessário estar lá, mas o processo é bem mais rápido.

O primeiro passo para obter a cidadania italiana para morar em Londres é mapear a sua árvore genealógica. Essa árvore (devidamente documentada, com todos os comprovantes e documentos de todos os envolvidos) será necessária para comprovar o seu direito à cidadania italiana.

A próxima etapa é dar a entrada do pedido no consulado italiano mais próximo e aguardar o chamado para apresentar os documentos. Enquanto isso, trabalhe para obter a legalização desses documentos junto ao consulado.

Depois de apresentar os documentos, deve-se aguardar pela decisão oficial do consulado e então receber a cidadania italiana.

Como entrar e morar em Londres com passaporte italiano?

Agora que tudo já foi feito e você já tem a cidadania italiana para morar em Londres, a pergunta é: como utilizá-la para facilitar a sua vida na Inglaterra?

A chegada a Londres é muito tranquila. Por causa da União Europeia, o cidadão com passaporte italiano só precisará apresentar seu documento na imigração e será permitido entrar na Inglaterra quase que automaticamente — mal precisará responder às perguntas na imigração.

A primeira coisa que você irá querer fazer assim que chegar a Londres (depois de se acomodar na cidade, claro) será tirar o seu Insurance Number, uma espécie de CPF e o único documento social que você usará no seu cotidiano — de entrevistas de emprego até abertura de contas bancárias.

Para obter o Insurance Number, você precisa ligar para o Job Center da cidade e agendar um atendimento. Depois, deve levar seu passaporte e o endereço completo para provar sua cidadania europeia.

Com o Insurance Number, você poderá abrir uma conta em bancos britânicos (o que é essencial para receber seu salário) e poderá finalmente arranjar seu primeiro emprego em Londres.

Lembre-se que existe ainda uma obrigação: você deverá se reportar ao AIRE (Consulado Geral da Itália) em Londres para atualizar seu cadastro como cidadão italiano. É uma obrigação de todo cidadão da Itália.

Tirar a cidadania italiana para morar em Londres é uma ótima ideia para quem pode e tem interesse em viver na capital inglesa. Se você quer viver em Londres, confira as informações que reunimos neste e-book sobre como morar em Londres!

Envie sua pergunta ou solicitação de orçamento sem compromisso aos consultores e advogados de Imigração em Londres preenchendo o formulário abaixo.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Seu Telefone

Assunto

Qual a sua Solicitação ou Dúvida?