Londres é uma das capitais mais charmosas do mundo e recebe milhões de turistas todos os anos para conhecer o rico acervo de museus (a maioria com entrada gratuita), as charmosas cabines telefônicas e os monumentos históricos como o Big Ben, o Palácio de Buckingham e o Palácio de Westminster.

Em meio a prédios antigos, pontes e castelos que transmitem séculos de história, a metrópole atrai milhares de pessoas interessadas em trabalhar ou estudar em outro país para aprimorar o inglês e melhorar o currículo profissional. Além de ser a capital da Inglaterra, Londres concentra as principais atividades políticas do Reino Unido e também é a maior cidade da Grã-Bretanha. Ficou confuso? Acompanhe meu post de hoje e aprenda a diferença entre o Reino Unido e Grã-Bretanha!

Grã-Bretanha

A confusão entre Reino Unido e Grã-Bretanha é muito comum para quem não mora na Europa. Trata-se de uma distinção entre uma organização geo-política e um território geográfico. Grã-Bretanha é o nome da ilha no Oceano Atlântico onde se localizam a Inglaterra, o País de Gales e a Escócia. Diferente do Reino Unido, a organização é geográfica e não política, e, por isso, não inclui a Irlanda do Norte – presente no Reino Unido – e nem a Irlanda, que ficam em outra ilha.

Reino Unido

O Reino Unido é uma entidade política que rege quatro reinos: Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte. O grupo é considerado um país, embora cada um de seus membros tenha governos próprios, e já foi a maior potência mundial por um longo período: do Século XVIII até a Segunda Guerra Mundial (1939-1945).

O Reino Unido é uma organização semelhante aos governos federalistas, pois há um poder soberano central – cuja capital é Londres – e relativa autonomia nas unidades constituintes (com exceção da Escócia, cujo governo é submetido ao Parlamento Britânico). Ou seja, a organização política atua em conjunto para defender os interesses da região nos órgãos e organizações internacionais, como a Organização das Nações Unidas e a União Europeia.

Divisão de Poder

Outra confusão gira em torno do sistema político vigente na região, já que além de fazerem parte do Reino Unido, os quatro países têm unidades federativas relativamente autônomas. A Rainha do Reino Unido é Elizabeth II, que também exerce a função de Governadora Suprema da Igreja e da Inglaterra.

O Parlamento do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte tem soberania parlamentar sobre todos os corpos políticos do Reino Unido e seus territórios (o que inclui as cerca de cinco mil ilhas britânicas). O parlamento é bicameral, formado pela Casa dos Lordes e pela Casa dos Comuns, e os parlamentares são eleitos em todos os países do bloco. A sede é o icônico Palácio de Westminster. Como Londres está no centro de toda ação política, é fácil entender porquê as pessoas normalmente se confundem Reino Unido e Grã-Bretanha.

As riquezas culturais e históricas de Londres fazem da cidade um destino imperdível para quem deseja mais do que apenas aprender inglês durante o intercâmbio. Além da imersão cultural, é possível aprender muito sobre arte, história e política em uma das capitais mais elegantes do mundo!

Agora que você não vai mais se confundir com as diferenças entre Reino Unido e Grã-Bretanha, que tal conferir minhas dicas sobre planejamento de gastos no intercâmbio e conhecer os cinco principais feriados da Inglaterra?

Se você tem outras dúvidas ou conhece alguma curiosidade sobre Londres, compartilhe nos comentários!

Minhas dicas foram úteis? Quer saber mais sobre Londres? Baixe gratuitamente o e-book “Como morar em Londres: 6 passos para o sucesso“.