Voos low cost: você conhece essa supervantagem?

Boeing Delivers 150th Next-Generation 737-800 to Ryanair

Viajar é um dos três maiores sonhos do brasileiro, segundo uma pesquisa da Câmara dos Dirigentes Lojistas do Distrito Federal. Além de comprar uma casa própria e ter um carro, os brasileiros pretendem fazer uma grande viagem antes mesmo de comprar celulares, eletrodomésticos e outros bens.

No entanto, realizar este sonho tem um grande empecilho: o custo. Muitas pessoas desistem de conhecer um destino tão sonhado por causa do alto preço das passagens aéreas. A boa notícia é que este cenário já está mudando com a nova política de preços de grandes companhias aéreas. É o voo conhecido como low cost. Um tipo de serviço que oferece para você uma oportunidade de comprar sua passagem aérea pagando bem menos do que o preço médio de mercado.

Hoje daremos algumas dicas para você aproveitar essa facilidade. Confira!

Low cost: um conceito que transformou o mercado.

O low cost é uma maneira que companhias aéreas encontraram de estruturar seus voos com objetivo de diminuir os custos internos e vender as suas passagens por preços muito mais baixos. O conceito surgiu nos Estados Unidos, mas se popularizou na Europa com a cia aérea Ryan Air, que oferece voos internos por até $39. A Ryan é tão inovadora neste segmento que já prometeu voos da Europa para Nova York por apenas 10 € em 2015.

Com este novo modelo de negócio, o número de viagens dentro do continente europeu cresceu exponencialmente e impulsionou outras companhias aéreas do mundo a fazerem o mesmo. Isso significa que, possivelmente, nos próximos anos você poderá voar para qualquer lugar do mundo pagando muito menos. O custo é baixo, mas os serviços oferecidos também para sustentar este novo modelo de negócio as companhias aéreas precisam cortar ao máximo os custos de seus voos. Isso significa uma menor tripulação em cada voo, o fim da gratuidade nos lanches a bordo e a cobrança de uma taxa maior por bagagem excedida.

No primeiro momento você pode pensar que um voo onde você paga por tudo que consome e tem que levar uma bagagem bem leve parece um mal negócio, mas se você pensar de novo é um acordo justo. Mesmo sem todos estes benefícios você ainda está pagando muito menos do que pagaria antes e, de quebra, ainda consegue conhecer lugares que sempre quis conhecer. Uma boa troca, não?

O low cost no Brasil

Infelizmente no Brasil ainda não existe uma companhia aérea totalmente dedicada a este modelo de negócio, como a Ryan Air na Europa. Porém, as companhias aéreas locais já estão em busca de cortar gastos internos para oferecer passagens mais baratas. A tendência é que o mercado deste tipo de voo aumente e chegue com toda força em nosso país. Imagine pagar até R$ 50 em um voo nacional?! Com o low cost isto será possível!

Se você pretende viajar em breve, pesquise voos low cost para seu deslocamento dentro de cada país ou continente. Você vai economizar bastante e perceber que viajar não precisa ser tão caro e impossível.

E aí, gostou das nossas dicas? Já viajou em algum voo low cost? Conte para a gente, através dos comentários, como foi sua experiência! E não deixe de voltar para conferir mais dicas como essa!