Entenda como universidades britânicas selecionam estudantes para cursos de graduação

Desde o dia 22 de setembro, foi aberta no Reino Unido a temporada de seleção de estudantes para universidades britânicas. E como não existem no país provas de seleção como as do vestibular no Brasil, o mais comum é que candidatos brasileiros fiquem um pouco confusos e não saibam por onde começar. Muitas vezes, o prazo de candidaturas termina e, por não saberem como proceder, potenciais estudantes internacionais acabam passando mais um ano fora da universidade. Em tempo: o ano letivo britânico se inicia em setembro e termina no final de junho, início de julho. O prazo de candidaturas, aberto em setembro, terminará em 15 de janeiro de 2016. Depois disso, ainda é possível disputar vagas oferecidas por universidades britânicas, mas as melhores instituições tendem a escolher seus futuros alunos dentre os candidatos que cumpriram com o prazo de 15 de janeiro.

Como é o processo?

Em todo o Reino Unido, o processo de candidaturas para cursos de graduação no Reino Unido passa por um sistema eletrônico integrado chamado UCAS, que pode ser acessado pela internet. Como não há no país exames de seleção como o vestibular, as universidades levarão em conta as notas que o estudante obteve durante o Ensino Médio, no caso do Brasil, além de outros fatores. Para iniciar o processo, o candidato deve abrir uma conta junto ao UCAS e preencher uma série de informações relacionadas à escolaridade, experiências de trabalho, notas obtidas no Ensino Médio, dentre outras. O UCAS permite que cada pessoa se candidate a até cinco universidades diferentes. Ao contrário do vestibular brasileiro, o UCAS não exige que o estudante indique, ao fazer a aplicação, qual é a sua opção de universidade preferida. Além disso, é muito importante que o futuro estudante escolha o mesmo curso em todas as cinco universidades selecionadas em sua conta do UCAS. Ou seja, não é recomendável, por exemplo, que o candidato opte por Direito, como uma de suas opções de escolha, e ao mesmo tempo se candidate a graduações na área de Negócios nas demais universidades.

Para quem deixou a escola ao terminar o Ensino Médio no Brasil, o mais provável é que as universidades exijam também que o candidato estude um ano de curso pré-universitário conhecido como Foundation.

Quanto antes, melhor

Para quem planeja começar a estudar em setembro de 2016, a preparação e a escolha dos cursos e instituições de ensino devem ser feitas agora. É super importante que o futuro aluno pesquise a fundo sobre a grade curricular oferecidas por cada universidade, entenda o perfil de cada instituição. Uma ótima maneira de iniciar a pesquisa é participar da Feira de Universidades Britânicas organizada em Londres pela SI-Uk Education Council. Mais de 90 universidades estarão presentes e a entrada é gratuita para quem se registra pelo site do evento .

Consultores de diversas nacionalidades estarão presentes e é possível receber aconselhamento em até 15 idiomas diferentes, incluindo português.

A SI-UK Education Council é uma instituição de auxílio a estudantes internacionais que oferece aconselhamento gratuito e neutro a candidatos. Além de organizar a maior Feira Universitária em Londres, a empresa é também um centro oficial do UCAS e está autorizada a submeter aplicações em nome de estudantes internacionais.

Para saber mais, acesse o site da SI-UK Education Council e marque uma sessão de aconselhamento gratuita.

Por Veridiana Ribeiro
Consultora de educação superior na SI-UK Education Council

Leia também: Saiba como fazer uma graduação ou pós-graduação no Reino Unido