Felizmente, para os brasileiros que querem vir de férias ao Reino Unido, não é necessário visto para turismo. Por um lado, essa é uma boa notícia, já que não é preciso pagar nenhuma taxa para obter a autorização de entrada no país, muito menos esperar pela decisão do consulado para poder viajar. Por outro lado, muita gente acaba tendo sua entrada negada no Reino Unido por não satisfazer os requisitos básicos das regras de imigração para turismo, o que acaba resultando em prejuízo financeiro — e uma baita decepção.

Se você não quer ser confundido com os muitos estrangeiros que desejam permanecer de forma ilegal no país, é necessário estar bastante atento para toda a documentação exigida na hora de entrar no Reino Unido. O mais importante de tudo é provar que você não tem a mínima intenção de ficar mais do que os seis meses permitidos como turista e que você tem fortes vínculos com o Brasil (seja empregatício, familiar, educacional, etc).

Como turista, você tem direito a no máximo 6 meses de visto, em um período de um ano. Nesses 6 meses, você pode estudar e viajar por todo o Reino Unido sem a necessidade de passar por um controle de fronteira. Porém, toda vez que você sair do UK é necessário encarar novamente pela imigração e responder às mais diversas perguntas.

O que você deve trazer à Londres como turista

Para provar que você está vindo para Londres realmente para passear como turista e não com outros interesses, é preciso se precaver e trazer os documentos necessários. Dentre os mais importantes, não se esqueça de carregar consigo:

  • Passagens de ida e volta: caso você tenha a intenção de viajar para outros países, é importante mostrar as passagens para todos os destinos da sua viagem. De certa forma, isso demonstra mais credibilidade na hora de entrar;
  • Comprovantes de reserva em hotéis durante toda a sua estadia no Reino Unido: caso você vá se hospedar na casa de amigos ou parentes, é bom mostrar uma carta convite. Se não tiver uma, vai depender de você convencer o oficial de imigração de que está falando a verdade;
  • Cartão de crédito internacional e uma quantia diária em torno a £65 para gastar enquanto você estiver por aqui. Em alguns casos, os oficiais de imigração pedem para ver a quantia que você está trazendo, como forma de garantir que você terá dinheiro suficiente para se manter enquanto estiver no país;
  • Seguro internacional de saúde: embora o atendimento médico de emergência seja gratuito independentemente da situação imigratória, o acesso ao tratamento hospitalar é pago para os estrangeiros com visto de turista/estudante. Na maioria das vezes, não é preciso mostrar esse seguro, mas não deixa de ser essencial tê-lo, caso o oficial de imigração “encrenque” com você;
  • Landing Card: esse cartão é um formulário distribuído no avião e na área de imigração que deve ser preenchido pelo turista não europeu. Ele deve ser entregue na imigração junto com os outros documentos.

Mais dicas úteis para não ter problemas com o visto de turismo para Londres

Além desses documentos, é interessante comprovar vínculos no Brasil, por meio de contracheques, declaração de imposto de renda e matrículas em universidade e outros cursos, por exemplo. Outra boa dica é ter em mente o que você vai fazer enquanto estiver por aqui. Indicar os lugares que você deseja visitar, assim como mostrar um roteiro bem organizado da sua viagem, com certeza será um ponto a seu favor na hora da entrevista com o oficial de imigração.

Claro que não adianta nada se você trouxer todos os documentos em português. Então, como fazer? O ideal é trazer o original, em português mesmo, junto com as traduções. E não basta somente isso. Os ingleses querem provar que a tradução de seus documentos é válida. Por isso, traga também a confirmação do tradutor afirmando que se trata de uma tradução exata do documento original, a data da tradução, o nome completo e assinatura do tradutor, e informações para contato com o tradutor.

Para visitas com propósito de negócios, esporte ou de entretenimento (cantores, atores, escritores, etc.), é necessário visto especial, na maioria das vezes expedido pelo consulado do Reino Unido antes da viagem. Para mais informações, acesse o site do Home Office (Ministério do Interior).

Também é importante lembrar que, caso você decida estudar no Reino Unido por mais de seis meses, será necessário voltar ao seu país de origem para fazer a solicitação do visto de estudante junto ao consulado britânico. Não existe mais a opção de mudança de visto de turista para estudante de dentro do Reino Unido.

Como se preparar para a entrevista na imigração

Há muitas possibilidades de se chegar à Londres, e só de aeroportos são seis: Heathrow, Stansted, Gatwick, Luton, London City e Southend. Sem contar a estação St. Pancras Internacional, que liga Londres a outras capitais europeias via trem.

Quando chegar a qualquer um desses locais, muito provavelmente você será recebido pela imigração e passará por uma espécie de entrevista. Por isso, vamos te contar como essa entrevista funciona e dar dicas para você se preparar.

  • A primeira coisa é saber que o oficial não tem interesse nenhum em barrar sua entrada, apesar de ter autonomia para isso. Ele vai apenas investigar se você está indo realmente com intenções turísticas. Então, seja claro, objetivo e sincero nas suas respostas. Ou seja, não esconda informações e nem elabore respostas muito extensas, como se estivesse enrolando.
  • Prepare-se para responder perguntas até mesmo pessoais, se você tem intenção de casar e ter filhos e o que você faz no Brasil, por exemplo. Além de serem insistentes nas perguntas sobre seus objetivos com a viagem à Londres, é comum que eles repitam a mesma pergunta em momentos diferentes. O objetivo é verificar se você cairá em contradição.
  • A entrevista não costuma durar muito tempo, mas isso é muito relativo e depende dos oficiais que te recebem. Então, não fique achando que tudo deu errado caso eles fiquem mais tempo conversando com você. Apenas responda o que eles perguntarem e não demonstre nervosismo ou apreensão.
  • Não se assuste. Os oficiais da imigração poderão revistar suas roupas, bagagens, computadores e outros eletrônicos. Há, inclusive, quem tenha que passar por raio-X para a verificação da existência de drogas no organismo.

Pode parecer complicado, mas não é tão difícil assim conseguir o visto de turismo com duração de seis meses na Inglaterra. Ainda mais se você estiver indo para fazer turismo mesmo, não tem com o que se preocupar. Organize os documentos e seja sincero durante a entrevista na imigração que tudo dará certo.

Nós já falamos sobre esse tema aqui no blog, então dê uma conferida em mais dicas de como passar na imigração em Londres e se prepare para aproveitar sua viagem!